Acessível de qualquer lugar, sem a necessidade de downloads ou instalações. Cadastre-se e entre pelo navegador de seu smartphone ou computador.
*Esta é uma versão reduzida do site. Estamos trabalhando para disponibilizar o site completo para o seu dispositivo.
 

Emissão de Nota Fiscal eletrônica


Utilize a apresentação de slides ou, como alternativa, o texto disponibilizado abaixo da apresentação. Clique no botão (ggs-expand) para assistir em tela cheia.

Nesse tutorial, veremos como emitir uma NFe no ambiente do ClearView. No entanto, você deve consultar seu contador para preencher os dados de uma NFe específica. Nosso suporte não cobre esta parte.

  1. No menu horizontal, clique em “NFe” > “Emitentes”.

  2. Na consulta de emitentes, clique em “Adicionar novo”.

  3. Preencha todos os campos obrigatórios a respeito da empresa que vai emitir as NFes.

  4. Ainda nessa página, faça o upload de seu certificado digital que deve ser necessariamente do modelo A1.

  5. Faça testes emitindo NFes no ambiente de homologação (campo “Ambiente”). Quando for emitir NFes com valor fiscal, altere para ambiente de produção.

  6. Clique em “Salvar”.

Você pode iniciar a emitir NFes de duas maneiras:

  • Diretamente no módulo de NFe. Neste caso, a NFe é emitida “do zero”, independente de haver uma venda emitida no ClearView.
  • A partir de um pedido de venda emitido no ClearView. Use essa forma quando você deseja “atrelar” um pedido de venda a uma NFe.

Vamos ver primeiro como emitir uma NFe “do zero” (primeira opção).

  1. Acesse “NFe” > “Emissão”.

  2. Preencha os campos nas diversas abas. Você vai precisar da ajuda de seu contador nas primeiras emissões. Não esqueça de alterar para o ambiente de produção quando for emitir notas pra valer (com valor fiscal).

  3. Clique na aba “Itens”. Aqui costumam ocorrer a maior parte das dificuldades. Então, algumas dicas:

  • Se você preencher as informações fiscais no cadastro do produto (menu “Vendas”), elas serão “puxadas” quando você inserir esses produtos/serviços aqui.
  • Os optantes pelo Simples normalmente só precisam preencher os campos PIS e COFINS e informar alíquota zero. Confirme com seu contador.
  • Quando tudo estiver pronto, salve a NFe. A mensagem de “salva com sucesso” não significa que a NFe esteja OK com as regras da Receita. É apenas uma primeira verificação interna.

A outra forma é emitir uma NFe é partindo de uma fatura existente, gerada por um pedido de venda. O sistema vai ler os dados do pedido de venda que gerou a fatura e vai iniciar a emissão da NFe incluindo estes dados. Isso vai poupar trabalho de digitação.

(No entanto, será necessário revisar os dados, pois poderão haver regras fiscais específicas para sua empresa ou seu estado. Não podemos prever todas).

Além disso, se no cadastro de produtos você preencheu as informações da aba “Dados para NFe”, elas serão “puxadas” para essa NFe.

Vamos lá então:

  1. Acesse “Finanças” > “Faturas”.

  2. Abra a fatura que você quer usar para emitir a NFe.

  3. Em “Mais ações”, clique em “Emitir NFe” e siga os passos.

A geração automática da NFe não é uma garantia de que as informações satisfaçam todas as regras fiscais de sua atividade e de seu estado. Revise atentamente todos os itens e faça as edições necessárias.

Os passos seguintes se aplicam independentemente do modo como você emitiu a NFe (se “do zero” ou a partir de uma fatura):

  • 4.   Clique em “Mais ações” > “Transmitir” para transmitir a NFe à Receita. Se tudo estiver correto, o sistema vai retornar a mensagem “autorizado o uso”. Em caso de mensagem de rejeição, consulte seu contador ou copie o texto da mensagem e pesquise na internet. Você pode também contatar nosso suporte através da abertura de um chamado (no menu “Suporte”).
  • 5.   Uma vez autorizado o uso, você pode imprimir a Danfe e acessar outros recursos relativos a esta NFe (menu “Mais ações”).
  • 6.   Após a emissão, importe a NFe para o site da Receita. O objetivo da importação é evitar mensagem de rejeição por duplicidade na numeração, na NFe seguinte emitida no ambiente do ClearView.

É natural você se deparar com rejeições por parte da Receita nas primeiras emissões. Após a emissão com sucesso da primeira, o processo será simples. O emissor de NFe do ClearView está preparado para atender a grande maioria das situações fiscais. No entanto, a legislação da Receita é muito complexa e variada, prevendo inúmeras regras e exceções.

Estamos em contínuo aperfeiçoamento, mas haverão situações em que será necessária a emissão de uma determinada NFe diretamente no site da Receita (que é o único ambiente que prevê todas as situações possíveis).

Suas críticas e sugestões de melhorias desta interface são muito bem-vindas! Obrigado!

Já é cadastrado no sistema? Clique aqui e experimente grátis.

Tutoriais relacionados: